ES EN PT
Córdoba, Argentina
Cordoba al Pais
Exportadores de Córdoba

As exportações de Córdoba atingiram um valor de US$ 4.009 milhões no primeiro semestre de 2017

03/08/2017

As exportações de Córdoba atingiram um valor de US$ 4.009 milhões no primeiro semestre de 2017

Desde a área de Informação Técnica e Comercial da ProCórdoba, informamos que, ao finalizar o primeiro semestre do ano, as exportações de Córdoba atingiram um valor de 4.009 milhões de dólares, representando 15% das exportações do país, neste período.



Por grandes setores, este montante foi distribuído em 49% em manufaturas de origem agropecuária (MOA), 36% em produtos primários (PP) e 15% em manufaturas de origem industrial (MOI).

A cifra descrita no parágrafo anterior significou uma queda de 6% em relação ao mesmo período do ano anterior, queda explicada pelo menor valor dos envios da província aos três principais destinos -dos 147 do período- das exportações da província: China, Brasil e Vietnã.

No caso da China as exportações acumuladas a junho de 2017 atingiram 481 milhões de dólares, 13% inferior a 2016. Este país receptou 29% das exportações totais de produtos primários (PP), setor que em termos gerais caiu 7%, induzido pela queda de 12% no país asiático.

As exportações cordobesas ao Brasil, por outro lado, conseguiram um valor acumulado de 443 milhões de dólares, 9% inferior a igual período de 2016. O país limítrofe é o principal destino das exportações de manufaturas de origem industrial da província (47%), setor que apresentou uma queda geral de 4%, incidido pela forte queda ao valor dos envios a este país (18%).

Quanto ao Vietnã, principal destino das exportações de manufaturas de origem agropecuária (12%), os envios acumulados em 2017 foram avaliados em 379 milhões de dólares, representando uma queda de 4% em relação a 2016. As exportações de produtos origem agropecuária a este país caíram 20%, implicando uma queda de 6% a nível geral neste setor.

Apesar do baixo desempenho em relação aos principais sócios comerciais da província, outros destinos mostraram uma importante dinâmica ascendente.  

Neste sentido, as exportações de produtos primários a Vietnã e Argélia aumentaram ao redor de 53%, atingindo 134 e 124 milhões de dólares no primeiro semestre de 2017, colocando a estes países no segundo e terceiro lugar como destino das exportações deste setor, respectivamente.

Por outro lado, as exportações de manufaturas de origem agropecuária à Indonésia e Países Baixos, terceiro e quarto destinos deste setor, cresceram 44% e 28%, respectivamente. Malásia, Espanha e Turquia mostraram um crescimento interanual de 79%, 110% e 276%, colocando-se dentro dos dez principais destinos para este setor.

Finalmente, quanto às exportações de MOI, os Estados Unidos tiveram um crescimento de 18%, atingindo 88 milhões de dólares. Do mesmo modo, Alemanha teve um importante crescimento de 73% conseguindo um montante de 53 milhões de dólares. Com cifras menores, cerca de 9 milhões de dólares, mas se posicionando dentro dos dez principais destinos para este setor, destacam-se Paraguai e Colômbia, países que mostraram um aumento de 73% e 76%, respectivamente.

As perspectivas para os destinos e setores mencionados resultam auspiciosas. Particularmente, no marco da Cúpula dos Chefes de Estado do Mercosul e Estados Associados realizada entre os dias 17 e 21 de julho, em Mendoza.

Onde a Argentina assinou um Acordo de Complementação Econômica, a partir do qual se abrem maiores oportunidades para a exportação de produtos do setor automotivo, além de têxteis e confecções, agroquímicos e plásticos.

Sobre isto, é importante destacar que o serviço de Inteligência Comercial da Agência ProCórdoba realiza investigações relacionadas a estes setores, indagando sobre destinos potenciais, com ênfase nos destinos como o colombiano, com base nas necessidades das empresas locais.


Ver todas as notícias
Partners ProCordoba